• Clínica Dr. Acessível

Meu filho de 2 anos não fala. Devo consultar um fonoaudiólogo?


Se você está se perguntando quando seu filho vai transformar esses gritos e choros em gugus e dadas, aqui está o que esperar quando se trata de seu desenvolvimento da linguagem.


Os bebês mal abrem a boca e as mamães já começam a imaginar coisas, de tão esperadas que são as primeiras palavrinhas do bebê.


Qualquer tentativa ou gemido que o bebê dá, já é entendido como o primeiro sinal de que o bebê vai começar a falar e esse é um momento de grande expectativa dos pais em torno desse desenvolvimento, se ele não fala já se preocupam, pois acham que está com atraso na linguagem.


Normalmente o bebê começa expressar as primeiras sílabas como “bababa” ou “papapa” a partir dos seis meses de vida.


A maior parte das crianças começa a falar por volta dos 12 meses.


Aos 2 anos, elas são capazes de formar frases com duas palavras, pronunciar entre 30 e 50 delas e compreender cerca de 200.


Mas é claro que cada uma tem o seu próprio ritmo.


Além disso, diversos fatores influenciam o processo, como estímulos, deficiências auditivas e neurológicas e até mesmo o sexo.


As meninas, de um modo geral, tendem a falar antes.


Assim como acontece com o desenvolvimento físico, elas são mais precoces do que eles também na aquisição da linguagem.


Não é regra, mas acontece com frequência: as crianças costumam, de fato, soltar a língua quando entram na escola.


Isso porque, longe de casa, são obrigadas a se virar sozinhas.


Têm de se esforçar para se comunicar e interagir.


O contato com outras crianças e com os professores também é um ótimo estímulo para aumentar o vocabulário e aprender palavras que fazem parte do cotidiano de outras famílias.


A escola sozinha, entretanto, não faz milagres.


É importante lembrar-se de que cada criança se desenvolve de maneira diferente.


Só porque a criança ao lado fala dezenas de palavras por minuto, não significa que seu filho esteja atrasado.

Mas ainda há coisas que você pode ficar de olho.


Inicie um diálogo com seu pediatra e procure uma avaliação de um fonoaudiólogo se você perceber qualquer uma das seguintes preocupações:


- pouco ou nenhum som toca como uma criança

- pouco ou nenhum contato visual ou resposta a sons

- falta de sorrisos por seis meses

- não apontando para objetos de interesse por 14 meses

- não respondendo ao nome dela por 15 meses

- sem dizer palavras por 16 meses

- comunicação verbal inicial e, em seguida, regressão


Há muitos sinais que podem indicar se o seu filho possui atraso de linguagem por isso para uma melhor avaliação é sempre recomendado que os pais não deixem de procurar a ajuda de um fonoaudiólogo que irá prescrever o melhor tratamento para superarem as dificuldades durante o seu desenvolvimento.


Outras só irão precisar de algumas consultas com a fonoaudióloga e de algumas orientações dos pais para superar essa dificuldade de aprendizado.


É importante ressaltar que é impossível informar uma idade exata da criança em que essa demora de falar deixe de ser normal.


FONAUDIOLOGIA


LUCIANA LEONI - CRFa 6-10010



Agende sua consulta agora.


Conheça todos profissionais e serviços prestados pela Clínica Dr. Acessível, e marque seu agendamento. 


#dracesssvel #carangola #saúde #fonoaudióloga #meufilhonãofala

362 visualizações

A CLÍNICA

CORPO CLÍNICO

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram

Carangola-MG

32 3741 4112

Rua Olímpio Machado, 42

Centro

©  2018 por Clínica Dr. Acessível.  |  Criado com View Network